Importante: o conteúdo aqui apresentado de modo algum pretende substituir o aconselhamento médico ao longo da gestação, mas sim oferecer informações complementares baseadas em pesquisas e experiências pessoais. O acompanhamento pré-natal é imprescindível durante a gestação, preferencialmente com um médico de sua confiança.

sábado, 17 de agosto de 2013

Samuel: uma história de amor e fé


Lembranças especiais da gestação: Hudson e Elaine com seus filhos Emanuel (esquerda) e Samuel, na barriga da mamãe (imagem: arquivo pessoal da família)

Nosso primeiro filho, Emanuel


Deus tem projetos para nossas vidas que muitas vezes não entendemos na hora, mas ao longo dos dias tudo vai se encaixando. Quando casamos, há 16 anos, pensamos primeiramente em nos estruturar, ter uma boa casa, um bom serviço e assim depois pensar em ter filhos. Cinco anos depois, já estruturados, pensamos ser o momento, mas tentamos por vários meses sem êxito. Fomos ao médico e ele nos pediu alguns exames. Descobrimos então que o Hudson tinha varicoceles e isto atrapalhava bastante. Foi duro, mas lutamos, fizemos tudo que estava ao nosso alcance, cirurgias, remédios e nada. 

Alguns amigos sempre nos falavam sobre a adoção. Mas não foi fácil colocar no coração, pois precisava ser de coração. Após um bom tempo de orações, Jesus colocou em nosso coração que seria bom tentarmos. Então partimos para adoção. Ah!!!! Mas foi um caminho difícil, doloroso, tivemos que ter muita paciência e o principal, Deus sempre à frente, pois é Ele que conduz colocando pessoas, gosto de falar de anjos em nossas vidas. Foram várias crianças que apareceram para nós, mas na hora H, por algum motivo não dava certo. Mas sabíamos que Deus com sua bondade preparava para nós um filho, como o seria e de onde viria.

Conhecemos pessoas que nos falavam de crianças de longe, muito longe, mas como buscar, não tínhamos ideia de como fazer isto. Mas como já disse, Deus envia anjos para nos ajudar e foi o que aconteceu, por meio de minha irmã Lucimara e meu cunhado Caio conhecemos o Rafael e a Luciana, um casal especial mandado por Deus. E contando a eles o nosso sonho de querer adotar um filho, pois não podia ficar grávida, ele me disse e me lembro como se fosse hoje, “eu vou arrumar um filho para vocês”. No momento pensamos ser uma brincadeira. O tempo passou e um certo dia liga ele em casa dizendo: “e aí, ainda estão a fim de adotar uma criança?”, “sim, estamos”.  “Porque eu encontrei uma”, disse ele. O silêncio tomou conta do meu coração naquele momento, pois me veio à cabeça todas as outras vezes que não deram certo, e nos machucaram muito. Mas voltei a mim e disse: “Vou conversar com o Hudson e logo te ligo”. Desliguei o telefone, contei o que tinha acontecido e logo o Hudson me disse: “Vamos tentar, diz a ele que queremos, mas que tem que ser feito tudo conforme a lei manda”. 

Três meses depois, no dia 23-12-2010, de madrugada toca o telefone em casa, era o Rafael dizendo: “Nasceu, nasceu!” Nossa, como dormir depois, a alegria tomou conta de nosso coração, mas no mesmo momento também o medo de acontecer o mesmo que acontecera das outras vezes. A expectativa era grande, pois já estávamos perto das festas do final de ano, e pensamos ser difícil ser resolvido logo. Mas tudo foi providenciado por Deus. E no dia 25-12-2010 às 16h, estávamos nós na casa de minha mãe, pois passamos o natal com a família lá. Escutamos um sininho, umas risadas de Papai Noel, e logo tocou a campainha. Era o Rafael vestido de Papai Noel, com o Emanuel, nosso filho, no colo. Que emoção, um dia que jamais será esquecido. E quando o Emanuel fez um ano e oito meses, fomos convidados por Deus a viver mais uma história de amor e fé.

Nosso segundo filho, Samuel


Não é fácil resumir uma história de nove meses e nove dias. Mas vamos lá! É tão difícil falar, não tenho o dom de escrever, fico nos bastidores rezando, orientando, cuidando, observando, caminhando, gerando...

Amigos, irmãos, família, desde quando descobri que estava grávida, minha vida mudou, mais uma vez. Foi uma transformação Divina, pois nunca imaginei receber um resultado de exame de gravidez positivo. Curti cada minuto. Ver a cara do Hudson quando lhe disse a notícia, dos amigos e familiares foi maravilhoso. Foi uma sensação única. Esperamos quase um mês para fazer o ultrassom, para ver de quantos meses estava. Quando o fiz já estava de 2 meses e já veio a notícia do problema do bebê, constatamos uma má-formação no seu cérebro.

No primeiro ultrassom apareceu a ausência da calota craniana, que causa a anencefalia. Como todos já sabem, não generalizando, para alguns profissionais (médicos) você pode procurar a justiça e tirar seu bebê, pois ele não é compatível a vida. Dizem com a maior naturalidade, alguns tratam a gente com desprezo e gozação, não dando importância para nossos princípios, não dando importância para nossos sentimentos de amor de mãe e pai. Mas encontrei profissionais que me apoiaram. Agradeço muito ao meu obstetra e sua secretária, pois nestes nove meses cuidaram de mim e de meu filho Samuel. Gente, eu tinha uma vida dentro de mim.

Bom, jamais passou por nossa cabeça tirar nosso bebê, vou seguir até onde Deus mandar. Essa sempre foi nossa vontade. É uma vida, um ser amado de Deus antes mesmo que nós o amássemos, vocês têm noção da dimensão Divina de tudo isso?

Curti todos os momentos, curti plenamente, pois tudo era novo, tudo era maravilhoso, tudo era Divino. É bom, pois a gente é mais paparicada e mais cuidada, isso é muito bom. Eu tenho fibromialgia, quem tem sabe que dói todo o corpo dos pé a cabeça e você sente muito frio. Gente, nesta gravidez eu não tomei meus remédios diários para dor e meu corpo pegava fogo. Meu médico dizia que eram sensações de menopausa. Foi uma sensação inexplicável. Foi tudo maravilhoso. Foram todos os momentos pedindo a presença de Deus e colocando Deus à frente. E assim passaram-se os 9 meses. 

Foi uma gestação tranquila, não tive enjoos, só muita azia e nos meses finais no ultrassom indicava que eu estava com bastante líquido, mas o médico disse que era normal nesse tipo de gestação. Por esse motivo tive um pouco de dores na barriga, mas isso não me causou nenhuma complicação. Meu filho nasceu na véspera do dia das mães, de 37 semana e 1 dia por parto cesariana.


Samuel em suas primeiras horas de vida após nascer
(Imagem: arquivo pessoal da família)

Mães, mulheres, na hora do parto foi a sensação mais maravilhosa que senti em minha vida, não sei como me expressar. Só vem à minha cabeça a palavra DIVINO. Fomos rodeados por anjos que Deus colocou em nossas vidas em cada momento dos 9 meses de gestação e nos 9 dias em que Samuel ficou conosco. Foram acontecendo coisas que falávamos um para outro: só Deus para fazer isso.

Queria agradecer ao Hospital Santa Elisa, pois desde o primeiro momento em que lá entrei até o último momento, em que saí, cuidaram de nós com muito carinho e atenção, cuidaram do Samuel como um rei. Como disse uma médica, brincando, em um dos dias em que ele estava na Neonatal, “colocamos o lindinho no castelo e ele não quer sair dali”. AGRADEÇO, AGRADEÇO E AGRADEÇO.

Segundo os médicos, ele nasceu com malformação grave, com ausência de desenvolvimento da calota craniana e do encéfalo.

Sábado à noite, minha prima Cidinha trouxe a capelinha Da Mãe Peregrina para a casa de meus pais, onde estava passando esses dias, de dieta... ela chegou na hora certa para interceder e cuidar de todos nós naqueles momentos. Meu filho Emanuel sentiu todos os momentos, fazendo coisas que eu não acreditava, e me trazia conforto. Ele entendia todos os momentos e isso nos tranquilizava, podíamos deixar ele com familiares, pois no momento a atenção era para Samuel. Emanuel também percebeu a hora em que o irmão foi embora, ele estava diferente.

O Samuel nasceu dia 11/05/2013 e voltou para casa do Papai do céu dia 19/05/2013, oito dias depois.

Samuel ficou nove dias com sua família após o nascimento
(Imagem: arquivo pessoal da família)

Tem horas que estou com uma pontinha de que eu poderia ter feito mais, mas minha mãe, com 48 anos de casada, com 5 filhos e 13 netos, me disse que também pensa que teria nos educado diferente e poderia ter feito mais. Então isso me consola um pouco.

Hoje estou com coração apertado, tentado pôr em ordem tudo o que vivi nestes dias. Muitas emoções diferentes que às vezes nos assustam, às vezes nos emocionam e às vezes nos consolam.

Queria compartilhar também sobre meu marido, Hudson, ele é durão, sério, corajoso, tem um dom maravilhoso que com muitas orações deixou desabrochar em nossas vidas e sobretudo viver tudo isso intensamente. Hoje consegue transmitir maravilhosamente as palavras de Deus para nós. Hudson, meu amor, meu guerreiro em meio às turbulências, você me tornou a mulher mais feliz do mundo. Emanuel e Samuel, vocês me fizeram a mãe mais feliz do mundo.

Há 2 anos, no dia de Pentecostes, eu estava batizando meu primeiro filho, Emanuel, e neste Domingo, 19/05/13, dia de Pentecostes, estou velando meu filho Samuel. O Espírito Santo quer estar presente plenamente em minha vida e de minha família.

Por sobre as nuvens existe um lindo céu maravilhoso, morada dos anjos. Por sobre as nuvens existe um trono cujo rei está sentado à direita de Deus. Céu lindo céu onde com anjos eu cantarei adorando ao Senhor... (Adriana) 

E com essa certeza de que queria viver adorando ao Senhor em todos os momentos de minha vida, errando, acertando, ajudando, caminhando, ser amiga, filha, nora, irmã, tia, cunhada, mãe, principalmente ser mãe, pois são eles que me dão vida, não eu, com a ignorância de tirar vidas.

Irmãos, irmãs, amigos(as), vizinhos(as), amigos(as) de Equipe, primos(as), cunhados(as), Pai, Mãe, Sogro, Sogra, tios(as), Compadres e Comadres, irmãos de fé, Padres, Freiras, Profissionais que cuidaram de mim e de meu filho: Amo vocês, quero que sintam um forte abraço por tudo que fizeram por mim e minha família, aos familiares que abriram mão da sua vida cotidiana para nos ajudar, Mandinha que deixou seu quarto por nós, (risos), meus pais: amo, amo, amo vocês. Deus os usou como um instrumento, Ele estava conosco todos os dias, o abraço Dele e de Maria.


Elaine Almeida Finamore,
Louveira, SP

7 comentários:

  1. Pessoas lindas, amigas, Deus fez na vida deles e nas nossas, que de longe acompanhamos e amadurecemos a nossa fé!! Deus seja Louvado por todo sempre, pois nos fez crescer na fé e amarmos mais Elaine , Hudson Deus vos ama infinitivamente esse é o SIM para Deus!

    ResponderExcluir
  2. Minha prima linda, ficamos gravidas praticamente juntas. Vi a alegria toda vez que ela comentava do Samuel em sua barriga. Mulher corajosa, de muito amor!! Eu e minha mãe sempre comentamos o tamanho da fé que a Elaine tem. Samuel ficou na terra por pouco tempo mas será eterno no coração de todos, anjo lindo!

    Estou chorando aqui depois de ler o depoimento! Maravilhoso! Bjus <3

    ResponderExcluir
  3. Elaine, quanto tempo!
    Deus passou e tem passado em sua vida, com muito amor.
    Este acontecimento na sua vida e de sua família, tem um grande propósito, no qual somente Ele e vocês sabem qual é.
    Mas creia que estou aqui emocionadíssima com tudo que você descreveu aqui e que estou a rezar por vocês, para que o Senhor edifique a cada dia mais a tua casa, o seu casamento, seu filhinho Emanuel.
    Que bençãos desçam sobre vocês!
    Abçs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elaine muito linda sua historia...
      meu nome e Patricia moro em Uberlandia mg,hoje faz 16 dias que minha princesinha foi embora morar com o papai do ceu, tambem com o mesmo diagnostico acrania,esta muito recente e ainda doi muito, todos os dias entro aqui e fico lendo todos os depoimentos e isso me da muita força,o nome da minha princesa e Anna Vitoria ela ficou somente um minuto com vida,mais foi o suficiente para nunca mais esquece-la...bjs que DEUS conforte os nossos corações!!!

      Excluir
    2. Oi Patricia, sinto muito pela partida da sua princesa Anna Vitoria! Que bom que nosso blog tem te ajudado, como pode ver, você não está sozinha, muitas mães receberam um anjinho com anencefalia em suas vidas, que deixaram muito aprendizado e amor, mas também muita saudade! Se você quiser participar do nosso grupo de apoio no Facebook, é um grupo muito especial, fechado, onde também nos ajudamos a seguirmos em frente em meio ao luto pela despedida, desabafar e compartilhar lembranças. Esse é o nosso endereço: /www.facebook.com/groups/acraniaeanencefalia/ beijos e fique com Deus.

      Excluir
  4. uma história linda e emocionante, cheia de amor que enche meu coração de alegria em saber que o amor de Deus ainda se espalha pelo mundo através de pais e mães que levam a vida a sério e não desprezam um só minuto em que tem a oportunidade de demonstrar o quanto Deus pode se revelar em meio as dificuldades. Que nosso Deus continue abençoando vocês.

    ResponderExcluir
  5. Deus abençoe esta família que serve como exemplo de amor.

    ResponderExcluir

Pedimos sua compreensão e cuidado ao postar um comentário.
-> Você é bem-vindo a este blog, ainda que tenha valores ou pensamentos diferentes dos aqui apresentados.
-> No entanto, mensagens que tenham conteúdo ofensivo e desrespeitoso não serão aceitas, em atitude de respeito para com as famílias que aqui compartilham suas histórias, e para com todas as crianças que aqui são homenageadas
-> Nossa intenção não é hostilizar quem tenha uma visão ou postura diferentes diante dos temas aqui abordados, portanto não serão aceitos comentários agressivos de qualquer tipo.
-> Se preferir, contate-nos pelo e-mail acrania.anencefalia@yahoo.com.br
Muito obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...