Importante: o conteúdo aqui apresentado de modo algum pretende substituir o aconselhamento médico ao longo da gestação, mas sim oferecer informações complementares baseadas em pesquisas e experiências pessoais. O acompanhamento pré-natal é imprescindível durante a gestação, preferencialmente com um médico de sua confiança.

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Miguel... um anjo guerreiro no céu

Reproduzimos aqui um vídeo sobre a gestação do Miguel, diagnosticado com acrania e anencefalia ainda no início da gestação. E logo abaixo, um relato do seu nascimento, publicado pela Camila no blog http://miguelpequenolutador.blogspot.com.br, onde ela também fez um pequeno diário contando momentos da sua gestação após o diagnóstico, que foi tranquila e sem intercorrências.



"Este vídeo foi feito para demonstrar o amor de uma mãe por seu filho anencéfalo...  
Ser feliz nem sempre significa que tudo é perfeito. Significa que você decidiu olhar além das imperfeições".
Ele nasceu no dia 14/11 , ficou conosco 13 horas, as 13 horas mais felizes da minha vida... Ele se foi calmo, sereno e feliz... Te amo meu filho.





Dia 14/11 chegou... Que nervosismo que foi. Às 7 horas já estava no hospital, dando muito trabalho para as enfermeiras... (risos). Para tomar soro, eu chorei, para passar a sonda, eu chorei, quando vi o anestesista, eu me desesperei.

Assim que ele aplicou a anestesia, eu apenas me lembro das enfermeiras fazendo perguntas e mais perguntas... e apaguei. Não lembro de mais nada, eu tento mas não consigo.

Quando acordei, estava ainda na sala de cirurgia. O médico já não estava ali perto, nem o anestesista... apenas as enfermeiras e a pediatra com o Miguel do meu lado. Eu o beijei muito, disse que o amava, e então o levaram.

Depois de alguns minutos, perguntei por ele, disse que não lembrava de o ter visto e me trouxeram ele de novo. Beijei-o mais e mais.

Fui direto para o quarto, onde meus pais e meu marido estavam lá para minha chegada, com lindos sorrisos no rosto, que confortante! Fazia perguntas, mas não lembro muito das respostas. Eu ainda estava dopada.

Miguel nasceu às 9h42, pesando 2.090kg, com 42 cm, um gordinho lindo!!!!

Foi para a UTI NeoNatal, mas não precisou ficar em nenhum aparelho, respirava por conta própria.

O papai Fábio conta que assim que passou por ele, Miguel apertou muito forte seu dedinho. Papai se emocionou muito, pois foi a melhor sensação do mundo. Sem explicação.

Miguel recebeu durante a gestação o diagnóstico de acrania e foi diagnosticado com anencefalia total ao nascer, sem muitas chances de vida!

Quando foi 18 horas, me levantei e fui tomar banho. Trouxeram a cadeira de rodas para ir até a UTI, mas eu fui mesmo é andando, eu tinha que andar mesmo para não acumular os tais gases, então aproveitei que estava de pé e fui andando para a UTI.

Meu coração estava a mil... não sabia o que fazer, como seria minha reação... tinha medo.

De longe, vi meu pequeno e as pernas tremeram... Ele se mexia muito... Eu começei a chorar... Agradeci por ele ter esperado a mamãe ir até ele. Carreguei-o e o beijei muito, muuuito mesmo. Chorava de felicidade, que lindo que é, meu filho, agradecia a Deus por ter deixado eu carregar meu filho nos braços, eu pedi muito isso a Ele, e ele me deu esse presente.

Às 20 horas, papai Fábio chegou na UTI também, foi maravilhoso, os dois juntos com o Miguel. Agradecíamos muito por ele estar ali, forte, esperando os pais. Foram as 13 horas mais felizes da minha vida... Meu Deus, ele apenas esperou os pais, juntos, para se despedir... e isso, não tem palavras para descrever.

Às 21 horas, ele foi ficando roxinho.... a hora da partida estava chegando, sabíamos que não podíamos fazer mais nada. Então, nos despedimos, beijamos mais e mais, falamos que papai do céu o aguardava de braços abertos, e aqui na Terra, mamãe e papai iriam ficar mais um tempo, mas que ele fosse sem medo, porque estaríamos sempre pensando nele com muito amor e logo estaríamos todos juntos novamente.

Tudo foi diminuindo, a respiração, as batidas, tudo. Comecei a chorar e ele reanimava assustado. Então percebemos que a nossa hora de deixá-lo tinha chegado. Agradecemos mais uma vez e saímos da sala. Não conseguíamos ficar ali. Apesar da dor, não podíamos segurá-lo se a hora tinha chegado.

Depois, fiquei no quarto esperando e rezando.... Pedia a Deus que ele não sofresse. Às 22h15, ele faleceu... calmo, tranquilo, sereno e feliz.

Quando a enfermeira chefe chegou no quarto, eu já sabia. Ela não queria contar porque eu estava sozinha do quarto, mas eu já sabia e falei: "Miguel se foi né...", e ela abaixou a cabeça e disse que sim.

Eu chorei.... chorei muito... Liguei paro o Fábio, para os meus pais e avisei, e eles vieram correndo. Fomos até a UTI vê-lo. Isso sim, foi triste. Minha mãe o trocou, colocou a roupinha branca que comprei caso ele se fosse realmente. Queria ele muito bonito, todo de branco. E assim ele estava, todo de branco, lindo e sereno.

O velório foi curto, simples e cheio de gente, meu Deus. Eu fiquei sentada o tempo todo do lado dele, todo de branco, no meio de margaridas brancas, lindo. Com um sorriso no rosto, como já disse, sereno e feliz.

No final, cantei para ele a música do Zaqueu, todos cantaram também e se emocionaram.

Eu fui embora antes de fechar o caixãozinho. Meu marido ficou e foi até o cemitério... jogou por mim uma rosa.

Essa é nossa historia.

Graças ao Miguel, conheci famílias maravilhosas, eu só tenho a agradecer, eternamente.

Miguel, meu anjo, eu aqui, sinto sua falta... Mas Deus sabe o que faz e ele só tem o melhor para cada um..

Eu tive 13 horas maaaais felizes da minha vida, e isso, vou levar para sempre.

Logo estaremos juntos novamente.

Eu te amo, meu filho amado.


Camila Rovani,
de Indaiatuba, São Paulo

5 comentários:

  1. Linda história Camila e parabéns pela força e determinação.

    ResponderExcluir
  2. Exemplo do amor incondicional..me emocionei muito. Que Deus abençoe a todas as famílias que recebem estes anjos em suas vidas.

    ResponderExcluir
  3. Que Deus abençoe estas famílias especiais que recebem estes anjos em suas vidas.

    ResponderExcluir
  4. Essa é uma história de amor, respeito e dignidade ao seu filho. Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. sei muito bem o que vc passo Camila tive meu anjo tambem chamava Miguel ;*

    ResponderExcluir

Pedimos sua compreensão e cuidado ao postar um comentário.
-> Você é bem-vindo a este blog, ainda que tenha valores ou pensamentos diferentes dos aqui apresentados.
-> No entanto, mensagens que tenham conteúdo ofensivo e desrespeitoso não serão aceitas, em atitude de respeito para com as famílias que aqui compartilham suas histórias, e para com todas as crianças que aqui são homenageadas
-> Nossa intenção não é hostilizar quem tenha uma visão ou postura diferentes diante dos temas aqui abordados, portanto não serão aceitos comentários agressivos de qualquer tipo.
-> Se preferir, contate-nos pelo e-mail acrania.anencefalia@yahoo.com.br
Muito obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...